Anúncio Retargeting: Fundamentos da Rede de Display do Google

Você está frustrado pela baixo tráfego e leads perdidos? Você olha para uma taxa de desistência de 95% e se pergunta se não há outra opção?

Bem, realmente existe outra opção. E ela é chamada de Retargeting.

Tecnologias de marketing contemporâneas nos permitem acompanhar o nosso ROI como nunca antes. Enquanto isso muitas vezes é um benefício enorme para o nosso negócio - nos mostrando exatamente onde podemos melhorar nossos esforços de marketing - para pessoas competitivas como eu, isso pode ser um exercício deprimente também.

Ninguém gosta de ver o tráfego de sua landing page subir e descer sem obter envolvimento e muitas ferramentas de análises nos permitem ver isso acontecendo literalmente em tempo real. Isso pode deixar alguém desanimado.

Esse artigo irá entrar nos fundamentos de retargeting, tais como o que ele é propriamente dito, como funciona e como você pode implementá-lo como parte das suas estratégias de marketing.

Introdução a Remarketing na Rede de Display do Google

Eu posso supor que cerca de 90% do tráfego das visitas do seu site escapam sem se envolver. Uma landing page que converte em 20% tem um enorme sucesso neste negócio, eu tenho escrito muitos artigos sobre como aumentar suas taxas de conversão pelo menos em 5%.

Retargeting é a forma como a sua empresa pode garantir que você está fazendo todo o possível para reter esses possíveis clientes. Ele garante está fazendo de tudo para trazer os visitantes de volta a seu site ou landing page e envolver as pessoas que estão interessadas em seu negócio, mas por algum motivo saiu do seu site sem completar uma ação de envolvimento, seja se inscrevendo em uma promoção, baixando um e-book ou qualquer outro serviço que você tenha disponibilizado lá.

Como isso funciona:

Retargeting na Rede de Display do Google está disponível através de uma série de excelentes fornecedores de software de terceiros em toda a web. Esses provedores te dar a você e sua empresa um pixel…

-Você coloca este pixel (é um trecho de código, também chamado de tag) no código do seu site

-Toda vez que um usuário de internet encontra o caminho para o seu site (a partir de um anúncio, uma busca direta no Google, no seu perfil de mídia social, etc), mas, em seguida, sai antes de interagir, eles vão acionar a tag ou código de rastreamento que você adicionou

-Essa tag tranca em seu navegador com um “cookie” (assim como um chiclete que gruda em seu sapato)

-Seu software de retargeting (redirecionamento) pode “ver” onde eles estão indo em torno da internet

-Mais de um milhão de sites na internet fazem parte da Rede de Display do Google. Quando o tráfego de desistência do seu site for para um desses sites, o anúncio do seu negócio vai aparecer…(e apenas para esse usuário)

Segue uma simples imagem que mostra o que estou falando:

google display network

-O tráfego do site entra no topo do seu funil de vendas

-Por alguma razão, esse tráfego escapa de dentro do funil

-Sem uma estratégia de retargeting você perde esse tráfego, talvez para sempre

-Com retargeting e a Rede de Display do Google no entanto, esse tráfego não fica muito longe antes de ser redirecionado

-Seu lead perdido é recapturado e levado de volta para seu próprio funil de vendas (exatamente onde escapou anteriormente)

Com a Rede de Display do Google, você sabe que você está fazendo tudo o que puder para garantir que seus clientes potenciais “fugitivos” não desapareceram de forma permanente.

As melhores partes:

Retargeting com a Rede de Display do Google permite que a sua marca, essencialmente, caminhe ao lado de seu tráfego de desistência enquanto navegam pela internet. Porém, mais do que isso, ele permite que você os segmente especificamente como indivíduos com conteúdo criado por eles mesmos (resultando em muitas vezes a taxa de cliques de anúncios tradicionais online).

Aqui está o que você têm:

-Público segmentado: Retargeting de páginas específicas de seu site permite que você segmente seus leads (de enorme impacto sobre os CTR dos anúncios que aqueles leads vêem). Por exemplo, se você capturar leads que escapou de uma página específica do produto, um anúncio com o produto exato terá mais sucesso do que um anúncio padrão que promove o seu negócio no geral.

-Estar onde seu público estiver : Com uma comunidade de mais de um milhão de sites, não há dúvida de que seus leads irão navegar para locais dentro da própria Rede de Display do Google. Isso significa que você pode alcançar seus leads algumas vezes por dia a partir de diferentes ângulos. E, com a maioria dos fornecedores de software , você pode continuar mostrando os seus anúncios até que o lead seja convertido em seu interesse.

-Eficiente e fácil de utilizar: Nem todos os provedores de retargeting será simples (afinal de contas, existe muito mais para redirecionar do que este artigo faz.) Mas alguns podem fazer isso em um processo de duas etapas: escolha a sua imagem do anúncio (com sua mensagem dentro da imagem) e escolha onde você quer que o anúncio dirija o tráfego.BOOM!

google display network

Pessoas visitam seu site, e então escapa + eles disparam o código que você implementou => Seu anúncio aparece para eles enquanto eles navegam.

Colocação do Retargeting para trabalhar para seu negócio

Anúncios Retargeting não se parecem com os anúncios normais, em vez disso, eles são criados e projetados baseados na landing page que o seu tráfego bem como local específico em seu site eles escaparam.

Aqui estão as minhas recomendações sobre como implementar retargeting para empresas de B2B e B2C :

Retargeting para empresas B2B com anúncios na Rede de Display::

A parte mais importante de retargeting tráfego do site B2B é saber por que o tráfego voltou.

Por exemplo, se seu tráfego do site escapa de sua página de preço, você pode estar razoavelmente certo de que eles desistem, porque seus preços estão acima do orçamento deles, ou que estão interessados o suficiente para ver mais sobre seus custos - eles podem simplesmente precisar de um grande empurrãozinho para converter e se tornar seu cliente.

Se eles escapam de sua página inicial ou landing page (antes mesmo de chegar a página de preços) você pode estar razoavelmente certo de que eles desistem, porque você não comunicou valor suficiente ou algum motivo diverso que você não pode controlar (provavelmente não se interessou em sua proposta ou não entendeu).

Aqui está o que eu recomendo:

-Crie dois anúncios, um direcionado para o tráfego do site, que escapou de sua página de preços e outro dirigido para o tráfego do site, que desistiu logo no início, em sua página principal

-No anúncio retargeting para a página de preços, promova um teste gratuito ou desconto por tempo limitado (aqueleempurrãozinho)

-Já para o anúncio retargeting da landing page, promova uma demonstração onlinede suas ferramentas ou o acesso a um estudo de caso ou e-book (com estatística impressionante dentro do anúncio que prega o valor de seu serviço)

Aqui está um exemplo da ClickMeeting (um site que eu estava olhando como uma opção de webinar), e logo depois vi seu anúncio retargeting no Songza, site de música:

google display network

Porque eu apenas naveguei na página inicial do ClickMeeting, eu fiquei vendo o anúncio Retargeting geral deles. Eu não tenho nenhuma dúvida de que se eu tivesse clicado em sua página de preços, eu iria ver um anúncio completamente diferente do que vi.

Retargeting para empresas B2C com anúncios na Rede de Display:

À medida que você iniciar com retargeting, eu recomendo empresas B2C se concentrar em reconhecimento da marca. Porque seus leads já foram para o seu site, você sabe que eles estão interessados ​​em seus produtos (ao contrário do anúncio online tradicional).

Isso muda a sua abordagem em anúncios online em 2 maneiras:

-Foca em os lembrar o por que eles gostaram de você em primeiro lugar

-Os ofereça mais do que apenas um anúncio, os dê um incentivo

Isto significa que você está criando um anúncio que faz duas coisas : incentivar envolvimento e reconhecimento da marca. Este é o tipo de anúncio que não é muito agressivo com um “Pergunte ”, mas também não é muito vago a ponto de seu público não saber como se envolver.

Exemplo do mundo real:

Vamos supor que eu sou mãe, e depois fui no site da Aveeno e entrei na minha fonte favorita de informação para pais. Depois de ler um artigo, eu rolei a página para baixo e o que eu deveria encontrar, mas esse anúncio?

google display network

Como eu mencionei acima, os anúncios devem ser focados em conhecimento da marca - mantendo a sua marca sempre na mente de um lead. A Aveeno faz isso com um anúncio focado em um bebê adorável, bem como um ponto de venda único.

Mas (como você vai notar com a Aveeno), isso também é sobre a incentivação (da marca) e engajamento. Não para estender para um código de cupom (embora esses tenham o seu tempo e lugar), mas simplesmente fornecendo um pouco de valor, com sua percepção da marca em geral. Não seja tão específico como uma empresa B2B pode ser, mas ofereça um desconto de 10%, frete grátis ou como a Aveeno fez no exemplo acima, uma pequena economia.

Isso também pode ser extremamente benéfico para criar anúncios retargeting baseados na página do produto que seu lead escapou. Por exemplo, se eu fosse especificamente interessado ​​em hidratantes para bêbes da Aveeno (e talvez não tanto para o seu condicionador), o anúncio acima teria uma chance muito maior de me converter a uma venda. E, claro, vice-versa.

Conclusão

Espero que agora você tenha uma compreensão melhor dos fundamentos de retargeting. Enquanto isso não significa que você deve parar de otimizar sua landing page para conversões, isso significa que você tem um pouco de uma rede de segurança para quando leads escaparem do seu funil de vendas. Ou seja, caso eles escapem você tem uma segunda opção.

Fique ligado em nosso blog se quiser descobrir e aprender mais sobre este assunto nas próximas duas semanas.

Por Thiara@wishpond.com