Usando automação de e-mails + vídeo-aulas para nutrir seus leads

image

Você está conseguindo toneladas de novos leads, mas enfrenta dificuldades para nutrir e vender para eles?

Uma ótima técnica para resolver este problema é enviar a estas pessoas e-mails contendo um mini curso sobre assuntos de interesse de seus leads. Pode parecer trabalhoso, mas garanto a você valerá a pena!

Um mini-curso utiliza vídeos curtos, porém educativos como forma de engajar com estes leads e mostrar a eles os benefícios de seus produtos e serviços. Se enviados durante alguns dias ou semanas estes vídeos irão agregar valor a seus produtos, com um pequeno apelo para vendas. Dessa maneira você nutre seus leads até que eles estejam prontos para comprar.

O que é uma vídeo-aula automatizada?

É uma série de e-mails contendo vídeos educativos, disparados para os leads durante um período, podendo ser dias ou semanas. Isso nutre seus contatos durante um tempo e os deixa na expectativa de receber mais e-mails.

Como funciona?

Primeiro o visitante precisa se inscrever para receber e-mails de sua empresa, fornecendo seu e-mail e informações pessoais através de um formulário para captação de leads. Você pode incentivá-los a fazer a inscrição oferecendo acesso a conteúdo como e-books gratuitos, guias, catálogos de produtos etc. Na página de pós inscrição inclua um teaser sobre o seu mini-curso. Deixe sua audiência entusiasmada com a idéia de poder assistir a este mini-curso.

Use uma ferramenta de automação de e-mails para programar os e-mails de seu mini curso da seguinte maneira:

  • 3 dias após fazer inscrição visitante receberá um e-mail com acesso a primeira video-aula do curso
  • Programe o demais e-mails para serem enviados na mesma freqüência, a cada 3 dias. Dessa forma as pessoas saberão que o e-mail na caixa de entrada é parte do curso. Aumentando taxa de abertura de e-mail e confiança em sua empresa.

Ao oferecer o conteúdo em diferentes passos, você gera engajamento e expectativa pelo próximo e-mail contendo a etapa seguinte do curso. Eu recomendo enviar entre 4 e 6 vídeos a cada 3 dias (pule os finais de semana). Assim sua audiência receberá uma boa quantidade de conteúdo relevante, que valorizará sua marca, produto e serviços.

Um bom exemplo de mini-curso de: Lowe’s

O conteúdo de um mini-curso pode ser oferecido de diversas maneiras, como artigos ou séries de vídeos curtos. O exemplo dos vídeos da empresa Lew’s sobre como montar seu deck é um ótimo exemplo de como usar vídeos é uma ótima ideia.

Estes passo-a-passo didático mostra como montar seu próprio deck de uma maneira visualmente atrativa. A primeira parte instiga a audiência a continuar acompanhando os demais vídeos da série para aprender todo o processo. E é claro, também incentivam as pessoas a comprarem da Lowe’s, posicionando a marca como número um na mente do consumidor.

image

Qual é o objetivo de um mini-curso?

Você deseja que seus vídeos deixem seu público interessado em seus produtos e serviços. Então organize o conteúdo para que com o decorrer das aulas as pessoas se sintam cada vez mais entusiasmadas em testar seus métodos usando seus produtos. Dessa forma você conseguirá transformar leads em clientes.

Ideias para um mini-curso

Um mini-curso pode ser por todos os tipos de empresas para enviar a seu público conteúdo educacional que os consumidores considerarão úteis. Existem inúmeras possibilidades, nenhum assunto está fora de questão contanto que seja interessante para sua audiência.

Alguns exemplos de mini-curso que você pode oferecer são:

-Uma série em 4 vídeos sobre como ideias de decoração para pequenos ambientes, se você possui um blog sobre decoração, um escritório de arquitetura ou uma loja de produtos para casa e construção

-Uma série em 6 vídeos sobre como treinar seu cachorro. Você pode conseguir vários leads e vendas de pessoas interessadas nos produtos de sua pet shop ou em seus serviços de adestramento.

-Uma série em 6 vídeos sobre como criar uma refeições saudáveis em minutos. Pode ser ótimo para atrair a atenção de inúmeras pessoas que sofrem de um mesmo mal: falta de tempo.

Qual é o seu setor? Que tipo de conhecimento que você possui pode ser útil para sua audiência?

Você provavelmente já possui a resposta para última pergunta. Sua equipe de atendimento a o cliente deve receber perguntas e solicitações todos os dias. Levante quais são as dúvidas mais presentes sobre o seus serviços e sobre seu segmento. Crie vídeo aulas baseadas naquilo que sua audiência está pedindo.

Teste você também. Ofereça mini-cursos e me diga quais foram os resultados.Basta deixar seu comentário no campo abaixo!

Por Mariana Reis