Anúncios no Facebook - Eficácia: Mitos, equívocos e erros

Você testou os anúncios no Facebook mas concluiu que não era para o seu negócio? Você viu as taxas de cliques e ficou decepcionado, voltando então para o Google Adwords?

Esse artigo (o primeiro de uma série de dois artigos) discutirá as más-impressões sobre os anúncios no Facebook. Eu vou falar sobre as diferenças entre anúncios no Facebook e anúncios no Google, porque essas diferenças não prejudicam seus anúncios no Facebook. O impacto do algoritmo EdgeRank do Facebook mudou, assim como nossas estratégias para garantir que seus anúncios sejam eficazes.

Assuntos abordados:

Parte I:

Equívocos sobre o anúncios no Facebook e como eles funcionam

A influência das mudanças do EdgeRank

Crie designs para seus anúncios que convertam

A importância de um oferta atraente

Integrando seus anúncios no Facebook a uma landing page

Parte II:

Segmentando seus anúncios no Facebook por perfil demográfico

Segmentando seu anuncio do Facebook por interesses

Segmentando seu anúncio do Facebook por audiência

Segmentando seu anúncio do Facebook por audiências similares

Redirecionando seus anúncios para visitantes de websites

1. Algo que você precisa saber

Anúncios no Facebook não são Google Adwords. Sério, eles são totalmente diferentes, e não vamos obter as mesmas respostas de ambas as ferramentas (o que não significa que um é melhor do que o outro).

Note a principal diferença entre eles: o Google Adwords é baseado nas palavras-chave usadas na busca do Google. Isso significa que todas vez que um anúncio aparece o usuário está ao menos um pouco interessado naquele assunto.

Com anúncios no Facebook você pode ir até os usuários. E nesse artigo eu vou mostrar as melhores maneiras de fazer isso e como o ‘ir até o usuários’ é a característica que torna o anúncios no Facebook acessível para todos os setores.

Não necessariamente sobre dinheiro

Muitas empresas têm sucesso com anúncios no Facebook. Algumas podem encontrar dificuldade, ainda assim podem obter resultados diante da maior audiência da internet.

Se pensou em geração de leads. Você acertou!

Eu vou me aprofundar nisso mais adiante, mas antes de iniciarmos você precisa entender que anúncios no Facebook não são somente para empresas B2C. Anúncios no Facebook permitem a você segmentar de maneira muito específica. Existem diversas formas de atingir novos consumidores, obter exposição de marca e alcançar pessoas no topo de seu funil de vendas.

Dito isso, se você pensa que sua empresa fará rios de dinheiro logo no início, você ficará desapontado.

2. A mudança do EdgeRank e o que isso afeto no seu negócio?

Em agosto o Facebook alterou o algoritmo EdgeRank (que determina qual conteúdo aparecerá no feed de notícias do usuário e, qual não aparece). O mundo do marketing online praticamente desabou desde então, devido a queda no alcance e baixa no engajamento.

Sincesarmente, eu não me sinto tão mal com isso. Por um lado estou desapontada com os métodos que determinam a qualidade das publicações (o algoritmo determina qual post é bom o suficiente para ser visto). Eles questionaram algumas pessoas a respeito do conteúdo que elas desejam ver no feed de notícias. Uma das seis questões foi: “Você considera isso de baixa-qualidade ou meme?” igualando os dois. Mas acontece que eu gosto de memes criativos.

Por outro lado, eu entendo onde o Facebook deseja chegar. Ele é uma empresa e nos últimos dez anos, likes no Facebook tem aberto um canal de comunicação 24h por dia entre marcas e consumidores. Tem cabimento condenar a forma de comercialização deles?

Ainda não estou certa.

Mas quais são as chances da sua marca continuar ativa e envolvida com seus consumidores? Você deve considerar os anúncios no Facebook como uma forma viável de publicidade. E acredite, é.

Quer saber o porquê?

3. Criado para converter

Antes de adentrarmos na importância de uma oferta divulgada com anúncios no Facebook e integrada a uma landing page otimizada, vamos olhar o Slideshare que trata sobre a psicologia por trás de anúncios no Facebook e revisar os principais pontos com relação ao design dos anúncios no Facebook.

A psicologia por trás de um anúncio no Facebook I: Cores

A psicologia por trás dos anúncios no Facebook parte I - Cores - Wishpond

A psicologia por trás de um anúncio no Facebook II: Imagens

A psicologia por trás dos anúncios no Facebook II: Imagens - Wishpond

A psicologia por trás de um anúncio no Facebook III: Textos

A psicologia por trás dos anúncios no Facebook parte III - Texto- Wishpond

Para saber mais como otimizar o design dos seus anúncios leia o artigo Como realizar o Teste A/B para maximizar o ROI de seus anúncios no Facebook.

4. A importância da oferta

Um anúncio no Facebook sem uma oferta é como uma Ferrari sem rodas. A primeira vista é perfeita, mas não te leva onde você quer chegar.

Sem uma boa razão para clicar (como uma oferta) os usuários do Facebook vão passar pelo seu anúncio como se ele fosse mais uma informação inútil.

Considere essa estatística: 45% dos usuários do Facebook curtem uma marca pelas ofertas, promoções e sorteios. Somente 14% o fazem por lealdade a marca.

Estas são de longe as maneiras mais fáceis de conseguir que usuários engajem com marcas no Facebook. Se você não está disposto a oferecer algo em troca do lead, você enfrentará dificuldades no Facebook.

Essa é a principal razão pela qual eu recomendo concursos e sorteios no Facebook (não somente por que eu trabalho em uma empresa que cria promoções). Uma promoção no Facebook oferece às pessoas uma chance de ganhar uma oferta - o que economiza dinheiro para a sua empresa. Dando aos seus consumidores a chance de ganhar um prêmio (contanto que ele seja desejável) é um ótimo negócio para a sua empresa - como por exemplo oferecer descontos para todos que participarem.

image

Ofertas para e-commerce

  • Descontos exclusivos para seus clientes mais fieis ou que não tenham comprado nos últimos meses
  • Descontos sazonais, relacionados a datas comemorativas
  • Faça parcerias com marcas reconhecidas e ofereça prêmios maiores. Promova entre as audiências de ambas.

Ofertas para empresas B2B

  • Se você ainda não está pronto, ofereça um mês de testes de seus aplicativos ou ferramentas (isso garante que os participantes estejam interessados em seu produto, não somente no prêmio)
  • Ofereça uma seleção dos seus melhores e-books
  • Para aqueles que não ganharam não esqueça de oferecer um prêmio de consolação como acesso a um webinar, áudio-livro gratuito, etc.)

5. Integre seu anúncio do Facebook a uma landing page

Um anúncio no Facebook otimizado ao máximo ainda é inútil se a página para qual ele direciona não converte em leads ou vendas. Veja algumas idéias de como fazer isto para empresas B2B e B2C:

  • mantenha as mesmas variáveis de design de seu anúncio na sua landing page (imagem, texto, proposta de valor, etc). Isso cria uma continuidade e garante que seu tráfego não recue pois estava confuso.
  • Esteja certo que todos os detalhes técnicos estejam alinhados. Você ficaria surpreso com o número de anúncios no Facebook que não direcionam para a página de destino - confira estes detalhes duas vezes para evitar resultados constrangedores.
  • tenha certeza que a sua landing page está otimizada para os resultados que você deseja obter (captação de leads, vendas em e-commerce, etc).

Para mais informações sobre como criar uma landing page que converta leia também: Fazendo o teste A/B de sua página de destino para maximizar conversões.

O que tudo isso significa e qual a importância para seu negócio

O ponto principal dessa série é que otimizar os anúncios no Facebook - usando as práticas sugeridas nesse artigo e no próximo - é uma opção totalmente viável para a sua empresa.

Muito da publicidade negativa que os anúncios no Facebook recebem vem de usuários que não estão usando adequadamente tudo o que a ferramenta oferece:

  • Acesso a maior audiência jamais vista
  • Uma plataforma que permite a você selecionar seus consumidores e depois direcionar de acordo com seus perfis e interesses.
  • Uma plataforma na qual um investimento de R$50,00 podem gerar mais de 100 cliques. Com uma landing pages que converta até 20%, você está gastando R$2,50/lead. Se você encontrar uma taxa melhor do que essa, sinta-se à vontade em me falar.
  • Uma plataforma que permite o redirecionamento do seu anúncio (de graça) baseado em onde um lead se encontra no seu funil de vendas.

Então, não descarte essa opção por que a taxa de cliques não é a mesma do Google. Não a descarte porque você não entende a ferramenta. Pelo contrário, faça a sua pesquisa.

Conclusão

Espero que com esta série eu consiga te convencer a testar anúncios no Facebook (ou dar uma nova olhada, se voê já desistiu deles). Sim, há muito para aprender. Se você não tem tempo e energia para fazer sozinho, use uma ferramenta de terceiros como da Wishpond. Nós temos especialistas que podem segmentar os anúncios para você e podem responder a qualquer pergunta que você possuir sobre como integrar com landing pages ou quais são os melhores tipos de ofertas.

Se você prefere tentar sozinho, eu recomendo o plug-in Facebook Power Editor, do Chrome - que oferece mais opções do que a ferramenta do Facebook.

Artigos relacionados:

Bom, se você tiver mais dicas ou quiser compartilhar como nossas dicas funcionaram para você, escreva aqui embaixo.

Escrito por Mariana Reis@ Wishpond.